Projeto ECO-LOGIC

O projeto ECO-LOGIC nasceu do compromisso comum dos parceiros nas áreas como a consciência ambiental, a cidadania ativa, a educação ao ar livre, as competências sociais e cívicas, o património cultural da União Europeia (EU). O coordenador, Instituto Calvisano (Itália), quer partilhar sua experiência inovadora de participação em projetos educacionais, envolvendo os parceiros em atividades de interesse comum.

A parceria é composta por 5 escolas da UE provenientes de Itália, Lituânia, Grécia, Dinamarca e Portugal. O projeto contará com o envolvimento de dois especialistas externos para o uso da plataforma educacional (Q-cumber).

O projeto promove a participação ativa de estudantes, pretende reforçar o seu sentimento de pertença à sociedade e fazê-los/as sentirem-se cidadãs/os responsáveis.

O ECO-LOGIC visa:

– desenvolver as competências de cidadania e as soft skills dos/das participantes;

– aumentar a consciência de estudantes sobre os desafios ambientais globais;

– promover a educação ao ar livre e a o conhecimento dos territórios;

– construir parcerias com as partes interessadas locais;

– reforçar as competências de docentes relativamente a instrumentos, métodos e abordagens de ensino inovadores;

– apoiar docentes e estudantes em TIC ;

– para as escolas envolvidas, mudar para dimensão da UE, aumentar a sua capacidade para trabalhar a nível internacional, estimular a melhoria da inovação e dos processos e promover os valores da inclusão e da tolerância.

O projeto prevê uma formação transnacional para docentes (sobre o uso da plataforma Q-Cumber) e cinco atividades transnacionais de aprendizagem/ensino com grupos de 5 estudantes de cada escola parceira para trabalhar em conjunto em temas escolhidos: argila e pintura; teatro; sons e música; fotografia; atividades STEAM (Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática). Também prevê a realização de reuniões virtuais na plataforma eTwinning para reforçar o intercâmbio entre as escolas envolvidas. A nível local, as escolas organizarão atividades de trabalho de campo com estudantes para recolher material e submetê-lo na plataforma Q-cumber. Pretende-se que identifiquem locais culturais, ambientais e artísticos no seu território, criando um “mapa” com “estudos de caso” para campanhas de sensibilização e projetos de promoção e revitalização.

A plataforma Q-cumber será o principal instrumento para a implementação do projeto e um espaço de trabalho e monitorização compartilhado. A proposta prevê uma colaboração paralela entre parceiros. O projeto envolve diretamente os seguintes beneficiários:

– docentes das 5 escolas envolvidas;

– estudantes com idades entre os 10 e 13 anos envolvidos em intercâmbios virtuais, atividades locais e mobilidade transnacional;

– outros/as funcionários/as das escolas envolvidas (diretores e pessoal administrativo);

– famílias de acolhimento.

O ECO-LOGIC permitirá integrar as competências adquiridas na gestão escolar e em propostas pedagógicas inovadoras para um melhor ensino e uma melhor gestão das escolas. Graças às competências e motivação adquiridas, a partir da experiência do projeto, as escolas participantes reforçarão o seu nível de internacionalização e desenvolverão futuros projetos ao nível da EU; poderão implementar outras atividades interculturais e transnacionais para estudantes e docentes, como intercâmbios virtuais e projetos através do eTwinning e formação internacional on-line. O ECO-LOGIC reforçará futuras colaborações locais graças a parcerias mais fortes com as partes interessadas locais, a fim de enfrentar juntos desafios e oportunidades identificados no campo cultural/ambiental.