PROGRAMA ERASMUS + BOOKPACKERS EM VISITA A SOURE

No âmbito do projeto BOOKPACKERS POR EUROPA, financiado pelo programa Erasmus+, a Escola Martinho Árias recebeu uma comitiva composta por 24 estudantes e oito docentes provenientes das escolas parceiras deste projeto- Espanha, Itália, Polónia e Turquia.

Um vasto e diversificado programa esperava-os ao longo da semana de 11 a 15 de fevereiro. Acolhidos/as nas famílias dos/as nosso/as alunos/as, os/as jovens estrangeiros/as tiveram a oportunidade de conhecer os nossos costumes e experimentar a nossa gastronomia, tal como os/as docentes, que foram também presenteados com alguns lugares típicos da região de Soure e Coimbra. Às vivências civilizacionais e gastronómicas juntaram-se igualmente, e com grande relevância, experiências culturais e educativas partilhadas pelos/as nossos/as Bookpackers multinacionais. Assim aconteceu, num dos almoços do refeitório da escola, onde ressoaram alguns excertos nas diferentes línguas da obra de leitura selecionada por todos os parceiros, “Extremamente alto e incrivelmente perto”, de Jonathan Safran Foer, que foi objeto de análise pelos grupos escolares, sob orientação dos/as respetivos/as docentes coordenadores/as. Desta leitura orientada se fez também eco no debate organizado no auditório e transmitido por videoconferência às escolas parceiras. Durante a sessão, os/as jovens foram respondendo às questões lançadas pelo docente da escola espanhola Enric Valor, Joaquim Rojo, apresentando as suas perspetivas sobre o conteúdo da obra literária, o que enriqueceu e muito apreciou a plateia multicultural. Esta iniciativa literária foi complementada com a visita às bibliotecas escolares: da Escola Martinho Árias e do Município de Soure. Após a visita, seguiu-se também a receção, pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal de Soure, nos Paços do Concelho.

Nas deambulações pela vila de Soure, toda a comitiva conheceu o património local com a ajuda de audioguias, construídos pela coordenadora do Projeto, a docente Alexandra Duarte, com base nos textos elaborados pelos/as estudantes e revistos pelas docentes Fernanda Ladeira e Maria José Malo. A proximidade de Soure exigia obviamente uma visita cultural à cidade dos estudantes – Coimbra. Por isso, um dos dias do programa foi contemplado com a visita guiada à Universidade de Coimbra, em particular à Biblioteca Joanina, que a todo o grupo encantou, quer pela sua riqueza arquitetónica, quer livresca. Deste contexto cultural, fizeram parte ainda as visitas às ruínas de Conímbriga, ao castelo de Montemor-o-Velho e à cidade da Claridade e suas salinas, que o solo marítimo possibilita.

Das vivências culturais e escolares, deram também conta os/as estudantes e docentes estrangeiros/as, através de apresentações sobre as escolas que frequentam e as pessoas que merecem um lugar de destaque nas suas nações. Da nossa escola, ficaram a conhecer os ambientes educativos nas atividades letivas a que assistiram com os seus homónimos e a dinâmica da Escola.

E foi neste espaço escolar que se celebrou a partilha, a amizade e a fraternidade entre todos, que culminou com a entrega dos diplomas pela Sra. Diretora, Luísa Pereirinha, aos/às participantes do Projeto, na presença de familiares e docentes da Direção. Para coroar o evento, um almoço partilhado reuniu todos os/as presentes, antes de rumarem para o Porto, onde se fariam as acostumadas despedidas, não sem antes mergulharem, uma última vez, num ambiente livresco muito peculiar – a Livraria Lello.

Em modo de conclusão, poder-se-á dizer que a missão foi cumprida com sucesso. Para tal contribuiu, sem dúvida alguma, a Direção da Escola, pela forma acolhedora com que receberam a comitiva das escolas parceiras, o gabinete de coordenação de projetos, e, sobretudo, a coordenadora do projeto, a docente Alexandra Duarte, que sem ela nada teria acontecido.