OMNES VIAE

O projeto Omnes Viae – Todos os Caminhos estrutura-se em torno da ideia que unia tantas cidades europeias na Antiguidade: as estradas. Temos vestígios de estradas em todo o território do Império, alguns muito deteriorados e outros em boas condições.

Com este projeto pretende-se trabalhar promovendo o conhecimento das estradas e proceder à sua adoção como um símbolo da proteção de uma herança que forjou o que hoje é a cidade. O programa Erasmus+ permite ampliar o mundo dos/das nossos/as estudantes mostrando-lhes o alcance da rede rodoviária romana, visitando “in situ” os lugares até onde chegaram e conhecendo os restos que a Europa preservou.

Este projeto coordenado pela escola IES Albarregas de Mérida (Espanha) conta com o Agrupamento de Escolas Martinho Árias, Soure, como um dos parceiros sendo as restantes escolas parceiras da Grécia (Dimosthenio Lyceum of Peania) e Roménia (Colégio Nacional Cantemir-Vodă).

Objetivos:

– Confirmar que estamos unidos por um passado comum do qual a União Europeia é herdeira;

– Criar sinergias com as escolas associadas para fortalecer os laços que nos uniram no passado;

– Trabalhar em colaboração nas questões relevantes do projeto;

– Desenvolver capacidade para o trabalho em equipa e a nível europeu;

– Fomentar nos/nas estudantes o hábito de aprender ao longo da vida num contexto académico e informal;

– Integrar a diversidade linguística, social e cultural das diferentes comunidades às quais pertencemos.

As atividades incluem o trabalho comum no eTwinning; a preparação de documentos como material didático e cartas de adoção do património; mobilidades de estudantes e docentes com caminhos e cerimónias de adoção; relatório final e divulgação dos resultados.

A metodologia a utilizar na execução do projeto é a troca como base de um trabalho conjunto, criando material didático partilhando-o por meio do eTwinning e o impulso coletivo de respeitar o património por meio da colaboração entre centros.